Bacalhau à Braz

Bacalhau à Braz

Hoje vou falar de um dos meus pratos que melhor preparo, o Bacalhau à Braz, meu carro chef na cozinha, é um dos pratos que mais gosto de fazer.

O Bacalhau é mundialmente apreciado, mas vocês sabiam que a Noruega era o principal pólo mundial de pesca e exportação do bacalhau. mas, claro que devemos aos portugueses o reconhecimento por terem sido os primeiros a introduzir, na alimentação, este peixe precioso, universalmente conhecido.

Os portugueses descobriram o bacalhau no século XV, na época das grandes navegações. Precisavam de produtos que não fossem perecíveis, que suportassem as longas viagens, que levavam às vezes mais de 3 meses de travessia pelo Atlântico.
Fizeram tentativas com vários peixes da costa portuguesa, mas foram encontrar o peixe ideal perto do Pólo Norte. Os portugueses são os maiores consumidores de bacalhau do mundo, chamado por eles carinhosamente de “fiel amigo”. Este termo carinhoso dá bem uma idéia do papel do bacalhau na alimentação dos portugueses.


Já o Bacalhau à Braz teve origem com um taberneiro do Bairro Alto em Portugal conhecido como o Senhor Braz, que costumava escrever o seu apelido em todos os pratos que preparava.

Sua forma de preparo é razoavelmente fácil, e são poucos ingredientes, mas sempre bem molhadinho e saboroso, fazendo assim jus a sua grande fama quando o assunto é comida Portuguesa.


Segue a receita:
Ingredientes

  • 1kg de bacalhau
  • 2kg de batata frita
  • 6 cebolas grandes
  • 4 ovos
  • azeite
  • salsinha
  • pimenta do reino a gosto.
  • Azeitonas pretas


Modo de preparo:

  1. Deixe o bacalhau de molho na geladeira de véspera trocando a água de 4 a 5 vezes. Ferver o bacalhau (gosto de ferver em leite para dar mais macieis) e desfie em lascas grades retirando todo seus espinhos e reserve. Você pode fazer esse processo antes e deixar o bacalhau pronto na geladeira que ele dura até 2 dias.
  2. Descasques as cebolas e corte finamente em julienne (meia lua) reserve. Descasque as batatas, corte em palitos bem pequenos, frite em óleo fervente, retire deixe secar em papel toalha e reserve. Se você estiver sem tempo, pode usar batatas palhas de pacote mais cuidado pq elas já são salgadas.
  3. Aqueça o bastante azeite em uma panela coloque as cebolas já cortadas e deixe alourar, não pode queimar. Adicione o bacalhau já desfiado e refogue em fogo baixo por mais 4-5 minutos. (use um garfo grande é melhor)
    Abre os ovos e coloque num recipiente batidos, mas não muito. Desligue o fogo e vai adicionando os ovos devagarinho para não virar omelete.
  4. Acrescente salsinha picada e as batatas, mexendo sempre com o garfo. Acerte o sal e a pimenta do reino e sirva com um pouco mais de batata palha por cima e azeitonas pretas.

Chef e amante do mundo