Um noite muito divertida! A “vibe”do lugar é inenarrável e sugiro tentar para conferir! Só que já aviso que não está fácil reservar. Pelo site ou link na bio do instagram você é direcionado para a área de reservas.

O Beefbar existe desde 2005 em Mônaco, tem mais 11 unidades espalhadas pelo mundo e com promessa de abertura de mais 5 !!

A ideia partiu do piloto Felipe Massa. “Sempre fui apaixonado por gastronomia e, morando em Mônaco, em uma visita do meu irmão, Dudu, conhecemos o Beefbar. O restaurante se tornou um dos nossos preferidos e enxergamos ali uma oportunidade de negócio para nossa cidade natal, São Paulo. Foi quando entramos em contato com Riccardo, que adorou a proposta de ter um Beefbar na América do Sul. Em seguida, chamamos nosso grande amigo Ruly, já com expertise em gastronomia e que estava de olho no mercado para um novo empreendimento”, comenta Felipe.

O Riccardo a quem Massa se refere é o italiano genovês nascido em 1975 Riccardo Giraudi que estudou na European Business School em Londres.

Em 2001, Riccardo Giraudi se juntou à empresa familiar criada por seu pai Erminio Giraudi na década de 1970: Grupo Giraudi. O grupo é um dos líderes europeus na importação / exportação de carnes (40% vitela, 30% bovina, 10% suína). 

Supervisionada por Riccardo Giraudi, a empresa se voltou para novos negócios, como hotelaria e carnes exclusivas. Ao se tornar líder na importação de carne Black Angus americana sem hormônio na Europa em 2005, Riccardo Giraudi apresentou uma nova oferta integrando a carne bovina australiana. 

Em 2014, ele se tornou o primeiro importador oficial de carne bovina Kobe japonesa certificada na Europa. Poucos meses depois, Riccardo Giraudi lançou o Jamon de Buey de Kobe, um presunto japonês Kobe.

E em 2005 começou a desenvolver restaurantes conceito em Mônaco, inaugurando por lá o Beefbar.

O Beefbar foi pensado para quebrar os códigos tradicionais da cozinha rígida e sofisticada. O conceito trabalha com contrastes, de qualidade declarada mas despretensioso. As linhas arquitetônicas e o cardápio trazem sensações encontradas no luxo moderno. Com um ambiente descontraído, o atendimento é preciso e acolhedor. O cliente não quer mais ter que escolher entre a elegância e a simplicidade ou apenas comer carne para satisfazer seu desejo carnívoro. Agora, eles simplesmente querem se divertir compartilhando e multiplicando suas descobertas culinárias. No Beefbar, o luxo é sentido e apreciado mais do que é mostrado.

O menu, inspirado em diversas culinárias ao redor do mundo, oferece carnes nobres, que têm o preparo em forno especial, trazido de Mônaco, cuja temperatura chega a 1,1 mil graus. As carnes são seladas nesse forno e têm finalização na brasa. 

O menu que se baseia na simplicidade e nos ingredientes de qualidade pode ser dividido em 3 eixos… Primeiro, a comida de rua para compartilhar. Essas pequenas porções são uma seleção das melhores receitas dos 4 cantos do mundo, feitas com os produtos mais exclusivos, incluindo o puro bife japonês Kobe.

Esses tacos são deliciosos e apimentados, caso não goste de pimenta veja a possibilidade de tirar, mas eu adoro e estava delicioso. A carne derrete na boca.

O gyoza veggie também é muito gostoso ! Vale a pena.

Descubra os melhores cortes e origens especialmente selecionados por Riccardo Giraudi: Black Angus da Argentina e dos EUA, wagyu australiano, Kobe japonês … Beefbar desenvolveu seu próprio método patenteado de cozimento para obter um selo de carne crocante e um coração tenro e suculento. Para acompanhar cada corte, purês caseiros cozidos com manteiga e uma seleção de temperos e condimentos. 

Experimentei carré de cordeiro e estava espetacular.

E para fechar a sobremesa que já comemos com os olhos, feita com sorvete da casa e acompanhamentos dos deuses.

                               

É o mais novo hotspot de São Paulo. 

Onde as celebridades  estão!!!