Tradicional no sul do nosso país o Chimarrão é a bebida símbolo no Rio Grande do Sul. Se você conhece algum gaúcho com certeza você já o viu bebendo esse mate amargo.

Chimarrão é um legado deixados pelos índios Guaranis, que vem da palavra Mati que significa “cabaça”.

Na época da colonização chegou a ser proibida essa bebida pela igreja por considerarem como “erva do demônio”. Mesmo tentando erradicar dos nativos o costume do chimarrão, alegando que os índios perdiam muito tempo nesta prática sua tentativa fora fracassada.

 

O mate é uma bebida preparada com erva e água quente, apreciada principalmente pelos Argentinos, Uruguaios, sul do Brasil e Paraguaios. Nestes países é utilizada a cabaça ou uma cuia específica, pequena e arredondada para matear.

 

No Paraguai o Chimarrão é doce, com açúcar, leite e açúcar queimado. Já na Argentina se consome somente a erva e açúcar.

Aqui no sul do Brasil se tomamos iguais os Uruguaios, somente água quente e erva.

Apesar de existirem diversas formas de moer a ervas, a base da bebida é praticamente a mesma em todos os países.

O Chimarrão tem o costume de socializar as pessoas. Sentados em rodas eles tem os costumes de matear, significa nada mais um tomar um chimarrão e contar historias.

 

Mas engana-se quem pensa que o Chimarrão é somente um costume, com benefícios a saúde Chimarrão se torna muito queridinho entre as mulheres por ser um forte ajudante para quem quer emagrecer.

 

Seus benefícios são diversos além de elimina fadiga, é digestivo, diurético, possui antioxidantes, auxilia regeneração das células, regula a flora intestinal e estimula a atividade física, por causa da mateina da erva.

 

Se você tem vontade de experimentar vou deixar uma pequena explicação de como preparar.

1 – Preencher a cuia com 2/3 de erva-mate para chimarrão.

2 – Tapar a cuia e incliná-la ao ponto de encostar a erva-mate num lado. Pode-se utilizar um aparador, prato ou até mesmo as próprias mãos para tapar a cuia.

3 – Na parte vaga você deve colocar a água fria. Colocando água fria você não queima a erva-mate e não deixa seu chimarrão amargo. Nas demais cuias a água correta é aquela que chia na chaleira ou 64ºC, sem deixá-la ferver.

4 – Tape a boca da bomba com seu dedo polegar e coloque-a dentro da cuia descendo-a rente à sua parede, para que não fique ao meio da erva e não tranque seu chimarrão. Se a água descer após você retirar o dedo da bomba, seu chimarrão estará pronto.

5 – Agora só falta saborear a deliciosa Erva-mate. Se preferir use um filtro para a bomba. O filtro impede o entupimento da bomba, desta forma você se concentra unicamente em apreciar o sabor da erva-mate.

Espero que tenham gostado.

 

Vanessa Ierizzo
Chef e amante do mundo

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *