Para quem quer perder aqueles quilinhos para este carnaval, ainda é tempo. A dieta pré-carnaval a seguir é programada para ser feita de 5 dias. É baseada em uma manhã frugal e proteínas nas refeições principais. A raiz a noite é para manter um estoque de energia nos músculos, para que não se tenha fadiga, cãibras e nem hipoglicemia na hora de sambar, pular ou fazer outros movimentos mais intensos.

Ao acordar: beba meio litro de água (água na temperatura ambiente. Evite a água gelada ao acordar).

Coma 1 fruta fresca e 1 fruta “quente” (assada ou cozida) com canela.

Entre as frutas frescas, escolha entre mamão, melão, melancia ou abacaxi, até 300 gramas, que é uma grande fatia. Caso prefira, esta fruta (nesta mesma quantidade) pode ser batida com água e bebida como suco.

Frutas “quentes” ajudam a dar saciedade (fazem as vezes do pão). Entre as frutas para aquecer (assar ou cozinhar) escolha entre 1 banana prata, 1 maçã, 1 pera ou 1 xícara de morangos (a melhor forma de assar os morangos é cortando-os em fatias para que seu liquido vermelho escorra e vire uma calda saborosa).

Frutas: escolher entre 2 figos, 2 pêssegos, 2 ameixas frescas, 1 banana prata, 1 maçã, 1 pera, 1 goiaba, 1 tangerina, 1 xícara de cerejas, 1/2 manga, 50 g de abacate. Se preferir, pode substituir a fruta por 300 ml de suco de abacaxi, caju, maracujá, pitanga ou de morango (batidos com água). Outra opção: água de coco – 500 ml. As frutas de manhã, nestas doses reduzem inchaços, fornecem frutose (energia) e minerais para gerar energia ao corpo.

Também de manhã inclua uma bebida estimulante:

Chá verde, banchá, mate, hibisco com gengibre, ou guaraná em pó (1 colher de chá do pó de guaraná diluído em meia xícara de água). Ativam o metabolismo. Outras opções: chás conhecidos como tonificantes da energia dos rins e afrodisíacos: catuaba, marapuama, aniz estrelado, canela, que podem ser misturadas no mesmo chá, para beber cerca de 30 0 ml.

Almoço:  a base de proteínas e vegetais:

Peixe, frutos do mar, peito de frango, carne – podem ser à vontade desde que as carnes sejam magras preparadas com bem pouco óleo na frigideira. Pode se ser grelhadas, assadas ou ensopadas com cebola, alho, tomate e especiarias.

Outras opções para quem não come carne: 2 ovos cozidos, mexidos ou em omelete ou tofu, ou cogumelos, arroz integral (3 colheres de sopa) e feijão (1 concha pequena). 

Vegetais a vontade para acompanhar a refeição, a escolher entre: alface, agrião, acelga, rúcula, radichi, repolho, cebola, couve, couve flor, couve de Bruxelas, pimentão, espinafre, pepino, palmito, champignons, alcachofra, quiabo, vagem, cenoura, chuchu, abóbora, abobrinha, berinjela e tomate de todos os tipos

Temperos: azeite extra virgem (uma colher de sopa), limão, vinagre alho, alho porró, aipo, cheiro verde, manjericão, cardamomo, mortarda, noz moscada, gengibre, pimentas. Caso queira beber algum liquido junto a refeição, procure não ultrapassar um copo de 200 ml em água. O hábito de beber muita água durante a refeição dilata o estômago. Evite refrigerantes mesmo os diets e, se quiser beber algo diferente opte entre água com rodelas de limão, ou limonada ou refresco de maracujá ou suco de abacaxi. Evite a sobremesa.

As 15 horas: Beba um copo de água e depois um café expresso

As 18 horas: se der vontade de beliscar algo, ao invés de comer, beba ½ litro de limonada, cajuada, suco de morango congelado, melão, pitanga ou acerola. Todos batidos com água. O gelo batido ajuda a aumentar a textura do suco.

Outras opções para o fim da tarde: picolé de frutas (mesmo que contenha açúcar, desde que tenha menos de 100 calorias) ou banana (crua, cozida ou congelada), salada de frutas (pode misturar as frutas desde que observe a porção de 200 ml – 1 xícara)

Evite comer biscoitos, sanduíches, “besteiras” no fim do dia. Coloque a sua meta acima da vontade das guloseimas.

Jantar: inclua um carboidrato para ajudar o corpo a fabricar a serotonina, também conhecida como o “hormônio da felicidade” que nos dá melhor qualidade de sono e auxilia na fabricação de outros hormônios como os hormônios sexuais e de crescimento.

O ideal na dieta pré-carnaval é que este carboidrato seja uma raiz ou tubérculo na quantidade de 100-200 gramas: entre eles: aipim (mandioca), batata doce, batata baroa, batata inglesa, inhame. Pode ser assada, cozida, acompanhando uma proteína animal ou vegetal (ave, peixe, camarões, ovos, tofu, misso ou cogumelos) e os vegetais indicados para o almoço.

O carboidrato à noite melhora o rendimento físico na manhã seguinte, essencial para uma dieta pré-carnaval bem sucedida.

As frutas do dia são indicadas no verão como forma de reposição de minerais e de líquidos.

Trazem o frescor e a “energia do alimento novo” que combina com o nosso início do ano e com as festas para um recomeço.

 
 

DIETA PARA UMA SEMANA PRÉ-CARNAVAL Resumo:

Café da Manhã

Beber 1 copo de água

Comer 1 fruta fresca Comer 1 fruta assada com canela

2 horas após: Fruta fresca ou Suco (batido com água) ou Água de coco Chás ou café expresso

Almoço: Proteína (peixe, frango, carne, camarão ou tofu) com Vegetais (entre os indicados)

15 horas Café expresso ou chás

18 horas: Limonada, Refresco ou Suco (batido com água)

Jantar Batata doce,  mandioca, batata baroa ou batata inglesa – cozida ou assada – até 150 g Peito de frango ou peixe ou 2 ovos ou tofu e/ou cogumelos Vegetais entre os indicados para acompanhar

 
 

GioNutri

#TRENDY

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *