A Mercedes-Benz é uma marca alemã de automóveis pertencente ao grupo Daimler AG, criada em 1924 e resultado de uma fusão entre a Benz & Cie. e a Daimler-Motoren-Gesellschaft. É a mais antiga empresa de automóveis e veículos comerciais não só da Alemanha como também do mundo e produz os seus próprios motores.
 
A Mercedes-Benz tem suas origens na Mercedes 35 hp de 1901 da Daimler-Motoren-Gesellschaft e na Benz Patent-Motorwagen de 1886 da Rheinische Gasmotorenfabrik Benz & Cie, que é considerado como o primeiro automóvel movido a gasolina. Criada em 1883, a Benz & Cie. foi a maior empresa criada pelo alemão Karl Benz.
 
A Daimler foi fundada por Gottlieb Daimler e pelo seu parceiro Wilhelm Maybach em 1890. Daimler viria a morrer em 1900 e Maybach deixou a empresa em 1907. Nessa altura, a Daimler e a Benz eram as grande rivais de uma da outra. Contudo em 1924, as duas empresas assinaram um acordo de ajuda mútuo devido à necessidade de estimular a economia germânica após a Primeira Guerra Mundial. Este acordo viria a ser quebrado em 2000.
 
Mesmo assim, as duas empresas criaram os seus próprios automóveis e as suas próprias marcas. Em 1926, quando então se formou a empresa Daimler-Benz, um novo símbolo fora então criado para cada parte da empresa.
 
A estrela de três pontas foi desenhada por Gottlieb Daimler em que cada ponta representava o ar, a terra e o mar mostrando que os motores desenhados adaptavam-se a estes três meios.
 
A estrela apareceu primeiramente num automóvel de um Daimler datado de 1901, denominado Mercedes 35 HP, e viria a ser usada então pela Mercedes-Benz.
 
O círculo à volta da estrela viria a ser desenhada por Karl Benz juntando na parte inferior o seu nome. Até 1937, este símbolo não era usado.
 
Além de produzir automóveis, a empresa fabrica também motores para aviões, caminhões, entre outros meios de transporte. Atualmente fabrica também protótipos de motores para as equipas de Fórmula 1 da Racing Point, Williams e da própria Mercedes GP. Atualmente , a Mercedes GP é campeã mundial, juntamente com seu piloto Lewis Hamilton.
 
Mas como o nome Mercedes surgiu?
 
Em 1899, a Daimler-Motoren-Gesellschaft (DMG) construiu um novo automóvel. O nome do automóvel viria a ser o nome da filha de Emil Jellinek: Mercédès Jellinek. Jellinek prometeu comprar 36 automóveis da DMG se Daimler nomeasse o próximo motor como “Mercedes 35hp” e se Daimler o tornasse o agente oficial para vendas dos automóveis na França, Áustria-Hungria, Bélgica e Estados Unidos. Sendo assim, Jellinek comprou os 36 carros e gastou 500.000 marcos.
 
Em 1901, o nome “Mercedes” foi registrado pela DMG em todo o mundo como uma marca protegida. A adoção do nome para os carros da empresa ajudou a evitar problemas legais porque depois da morte de Daimler em 1900, a DMG decidiu vender o nome registrado “Daimler” e ficando com o nome “Mercedes”.
 
Os primeiros veículos da marca Mercedes-Benz foram produzidos em 1926, após a fusão das empresas fundadas por Karl Benz (Benz & Cie.) e Gottlieb Daimler (Daimler-Motoren-Gesellschaft) como Daimler-Benz em 28 de junho do mesmo ano.
 
Hoje, Mercedes-Benz é uma das marcas de automóveis mais conhecidas do mundo inteiro. A sua fama e diversidade na produção permitem obter grandes lucros e o desenvolvimento tecnológico constante.
 
Os carros produzidos não param de encher os olhos dos consumidores, no meu caso é um dos únicos carros que me chama bastante atenção na rua.
 
Muitos famosos e aqui no caso do Brasil/São Paulo quem tem muito dinheiro, mas não é famoso compram Mercedes de alto valor e, claro, bastante potência.
 
De forma a variar a sua oferta, a Mercedes diversificou os seus modelos criando carros menores e menos luxuosos. Porém, a qualidade dos automóveis é sempre um target da marca. A qualidade, aliás, foi sempre uma aliada à empresa garantindo serviços de atendimento e peças em todo o mundo. As peças produzidas pela marca são únicas e difíceis de serem ilegalmente copiadas (chaves, motores, suspensões, etc.).
 
Outra marca de que a Mercedes também é responsável é a Maybach, que vende automóveis especiais, com uma qualidade superior e preço ao nível da Rolls-Royce.
 
 
A Mercedes também faz o desenvolvimento de motores para competição para a Fórmula 1: Williams F1, Force India, Lotus F1, Mercedes GP, etc.
 
Nos últimos anos Mercedes tem ampliado os investimentos em plataformas de compartilhamento de veículos, conhecidos como carsharing. Existe a Car2Go que oferece veículos Smart e Mercedes como uma espécie de aluguel onde os usuários são cobrados por minuto. Esse serviço descentraliza a já conhecida loja de aluguel de carros e os usuários acessam os carros através de aplicativos.
 
Com uma frota de mais de 20.000 veículos das marcas BMW, Mercedes-Benz, smart e MINI disponível em 30 cidades da Europa e América do Norte, a Share Now, outra empresa desse tipo, tem como fator fundamental a criação de uma noção de mobilidade elétrica de baixo impacto ambiental.
 
Vejam que a Mercedes não parou no tempo e não para de aprimorar tecnologias e integrá-las ao novo funcionamento do mercado e comportamento do cliente nos dias de hoje.
 
Para ter um contato próximo com essas maravilhas de rodas, fui até a Divena 23 de maio para entender melhor tudo isso.
 
A Divena é um grupo de concessionários que possui sete lojas na grande São Paulo e no litoral Paulista.
 
Seu portfólio de produtos conta com Automóveis, Caminhões, Ônibus e Vans das marcas Mercedes-Benz, AMG e Smart, além dos automóveis das marcas Chrysler, Jeep, Dodge e Ram.
 
A Divena trabalha com seminovos nacionais e importados com total garantia de qualidade e procedência.
 
Nestes anos de atuação e destaque no mercado automotivo nacional, a Divena criou a sua identidade, baseada na qualidade de sua infraestrutura, capacitação de sua equipe de vendas e relacionamento pós-venda.
 
E realmente ao chegar até a Divena você já é recepcionado muito bem. Sorrisos largos, olho no olho, tudo que é perguntado é respondido imediatamente ou complementado por outro colaborador.
 
Os carros falam por si e literalmente. São lindos por fora, luxuosos por dentro e possuem tecnologia que facilita a vida dos usuários e mais, aumentam significativamente a segurança de quem está dentro de um deles.
 
Com a ajuda de Alexandre Anunciata e Ricardinho entrei na loja como uma leiga e sai encantada e entendendo mais sobre a Mercedes.
 
As unidades da série A200 mal chegaram ao Brasil e em 10 dias esgotaram! Há uma nova leva desse carro chegando em setembro e já existem vários clientes aguardando.
 
Esse carro veio na versão sedan que ainda não tinha no Brasil, e seu custo benefício aliado a beleza e tecnologia inovadora o tornou um destaque de venda e cobiça.
 
Esse filme traz a descrição de alguns novos comandos que vieram com esse carro, assistam e vejam que, literalmente, o carro fala com você e atende vários comandos.
 
 
Fui conhecer então a Mercedes AMG S 63!!! E, apesar do A200 ser um espetáculo, esse sim fez meu queixo cair.
 
Ele é muito utilizado por chefes de estado e personalidades. Seus bancos são verdadeiras poltronas, tanto pelo tamanho quanto pelo conforto.
 
As linhas arredondadas do painel, a caixa de som estilo vintage, a madeira do acabamento, o relógio IWC, tudo me encantou e confesso que foi difícil de sair desse carro. Quando vi a geladeira que comportaria uma garrafa de champagne aí completou o meu êxtase diante desse automóvel.
 
Ele é o carro mais caro da loja no momento, custando mais de 1 milhão de reais.
 
Algo que não costuma prender minha atenção mas nesse carro foi diferente, foram as rodas que são forjadas e de uma beleza surreal.
 
 
 
 
A tecnologia também muito presente nele, aqui breve explicação do sistema de iluminação inteligente chamado Multibeam led. Assista ao vídeo.
 
 
 
Caso, na hora que feche a porta você acidentalmente apenas a encoste, o próprio carro termina de fechá-la.
 
 
 
Na hora de ir embora tive o privilégio de ver chegar um carro de um cliente que é mais famoso na cor verde mas impressiona quem curte carros esportivos: a Mercedes AMG GT R. O barulho do motor é de emocionar mesmo quem não é tão ligado a carros.
 
Esse modelo é mais conhecido na cor verde e é uma opção para quem ama esportivos mas quer usá-los na cidade. Apesar de que pelas condições do asfalto em São Paulo, o motorista tem que ser cauteloso pois ele é bem baixo.
 
 
 
Passei horas na Divena na 23 de Maio, mas o tempo passou rápido. A receptividade, o jeito de passar tantas informações de um jeito leve e gostoso e a beleza estonteante desses carros luxuosos transformaram minha manhã.
 
Para comprar um carro como a Mercedes, se você ainda não conhece bem a marca e os detalhes de cada carro, é importante encontrar uma equipe completa e afiada como a da Divena 23. Eles te passam muita segurança e respondem a todas as dúvidas que você tem.
 
O ambiente é gostoso, tomei um dos melhores cafés expressos da vida batendo um papo com a equipe maravilhosa de lá.
 
www.wikipedia.com
www.divena.com.br
www.motor24.pt
 
 
Dani Mollo