Tudo sobre a introdução alimentar dos nossos filhos.

A Papinha foi introduzida na vida dos nossos filhos, mas muitas duvidas ainda ficam conosco. Posso congelar? Qual a textura do alimento? Como prepará-lo? Posso dar papinha industrializada?

Para ajudar as mamães neste momento, vou falar um pouco sobre o que aprendi e o que foi me ensinado nesta fase. Não esqueçam que no final da matéria deixo sempre algumas receitas fáceis de preparar de papinha para o seu filho.

O congelamento é uma opção muito válida para a alimentação dos bebês. Muitas pessoas ficam receosas com relação a perda de nutrientes, mas isso é mínimo. O congelamento é uma das melhores formas de conservação de alimentos e não utiliza de aditivos químicos.

Lembre-se que a papinha descongelada não poderá ser novamente congelada, então porcione na quantidade que o bebê irá consumir. O alimento pode ser mantido congelado por até 90 dias e sempre etiquete as papinhas com os ingredientes e data de produção para que você não repita os mesmos ingredientes.

Não congele alimentos crus e descongele as papinhas dentro da geladeira ou diretamente em banho maria.

Quando for introduzir a papinha lembre-se que a textura deve ser de um purê, alguns médicos pedem para passar na peneira, outros no liquidificador e tem também os que pedem somente para amassar bem até ficar cremoso.

Aos poucos essa textura irá sendo evoluída e ficará mais granulada. Aos 12 meses a criança deverá consumir alimentos na mesma textura dos da família.

Mas, e as papinhas industrializadas? Podemos dar aos nossos filhos?

 

Já observou que toda vez que comemos uma maçã, seu sabor é diferente? Já em um alimento industrializado seu sabor é padronizado. Com as papinhas é a mesma coisa, sabor padronizado.

Com isso uma criança que consome com muita frequência esses produtos, seu paladar vai ficando limitado. Outro ponto negativo é a textura das papinhas, por mais que as propagandas insistem em dizer que há pedaços de alimentos, 99% do volume da papinha está em uma textura inadequada, muito mais líquida que o ideal. Alguns estudos mostram que a papinha industrializada possui menos nutrientes que a preparada em casa.

A papinha industrializada é uma opção válida para situação em que o alimento da criança irá ficar mais de 4 horas fora de refrigeração. Uma viagem por exemplo. Como isso será uma exceção, não sinta culpa caso precise utilizá-las, o que faz diferença é o que fazemos na rotina do bebê. Para escolher a papinha industrializada verifique sempre a lista de ingredientes, algumas marcas possuem açúcar e outras não.

Meu médico pediu para começar com papinha salgada primeiro – com 2 legumes, 1 folha, 1 colher de sopa de arroz, 100 gr. de músculo, 1 tomate (sem pele e sem semente) cebola picada (para tempero) e 1 litro de água. Ferva tudo ao final retirar a carne, passar na peneira e finalizar com um fio de azeite. O paladar do bebê se acostuma com o doce, havendo assim maior chance de rejeitar amargos, azedos.

O Henrique amou! Depois você pode passar dar outros tipos de papinhas.

Segue algumas receitinhas:

PAPINHAS SALGADAS:

Papinha de mandioquinha, escarola, cenoura e frango

 

1 mandioquinha pequena cortada, 1 cenoura cortada, 1 punhado de escarola cortada bem fininho, 2 filezinhos de frango em cubos, 1 dente de alho, manjericão desidratado a gosto. Refogue o frango com o alho, adicione a mandioquinha, cenoura e água o suficiente para cobrir. Deixe cozinhar até ficar macio. Por último adicione a escarola e o manjericão.

Papinha de peixe com batata, abobrinha e brócolis

 

1 xícara de batata, 2 filés de peixe, 1/2 xícara de abobrinha, 1/2 xícara de brócolis, 1 dente de alho, 2 colheres de sopa de cebola, açafrão a gosto. Refogar o alho, acrescentar a batata e cozinhar. Enquanto isso grelhe o peixe com a cebola a parte. Acrescentar o brócolis, a abobrinha e o açafrão à papinha. Servir o peixe na lateral

PAPINHA DOCES:

Papinha de abacaxi com laranja

 

2 fatias de abacaxi cortadas, 1 laranja com bagaço picada, gengibre a gosto ralada. Coloque para cozinhar em fogo baixo, se necessário adicione umas gotinhas de água.

Papinha de ameixa com aveia

 

5 ameixas secas picadas, 1/3 de xícara de água e 3 colheres de sopa de aveia em flocos finos. Cozinhar a ameixa na água em fogo baixo. Desligar o fogo e acrescentar a aveia. Misturar bem.

 

Vanessa Ierizzo
Chef e amante do mundo

 
 
Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *