Você sabia que você tem total capacidade de controlar a dor que você sente, administrar a própria lesão e até mesmo sair da dor com suas próprias habilidades?
Melhor ainda se você contar com a ajuda guiada de um profissional especializado.
 
Educação e conhecimento são o primeiro passo para resolver seu próprio problema de dor. A dor é sem dúvida algo estranho. Nunca é tão simples medir o quão
danificado ou lesionado está seu corpo, apenas por conta da sensação de dor.
 
Você já percebeu que algumas pessoas toleram dores com mais facilidade do que
outras ? O quanto você sente dor é influenciado por uma série de coisas em sua
vida … seu corpo é apenas uma dessas influências.
 
O que aprendemos ao longo dos anos é que entender a dor e aprender sobre lesões pode ajudá-lo a fazer coisas que auxiliam em sua recuperação. Algumas
dessas coisas podem ser contra-intuitivas e não fazer sentido, a menos que você
entenda completamente o que é dor. Por exemplo, muitas pessoas podem pensar
que a dor significa que você precisa parar de fazer tudo que gosta na sua vida e,
se continuar insistindo, pode até se machucar ainda mais.
 
Existem raros casos em que isso é verdade, mas geralmente o descanso e o fato
de evitar movimentos e exercícios físicos são o oposto do que é necessário pra
você se livrar das dores e desconfortos pelo corpo. 
 
Quando você sentir dor ou estiver com algum lesão, pode ser melhor começar a
se mover novamente, começar a se exercitar ou retomar seus hobbies. Mas é muito importante que você tenha consciência sobre como sua máquina funciona , seu
corpo, por dentro e por fora. Por isso é fundamental que você tenha a oportunidade de experimentar uma verdadeira viagem de autoconhecimento através de laboratórios práticos que incluem os princípios inteligentes de movimentos e exercícios que desenvolvam a sua capacidade perceptiva de aprofundamento, o que eu chamo de consciência corporal profunda.
 
Aprender sobre a dor ajuda a mudar a forma como você pensa sobre o seu problema e pode ajudá-lo a começar a planejar suas próprias estratégias pessoais de
recuperação.

Aprender sobre a dor, idealmente, dá a você o conhecimento para começar a fazer
coisas a respeito dela, a respeito de como se livrar dela.

Aprender sobre a dor pode ajudar a promover comportamentos saudáveis. A transformar, literalmente, o seu estilo de vida e os seus padrões comportamentais.

 

Então vamos ao primeiro passo: o que é dor ?

A definição de dor à luz da neurociência moderna é a seguinte:
 
 
Dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial ao tecido, ou descrita em termos de tal dano”.
 
 
O que isto significa?
Significa que essa definição nos enche de esperança. Sabe por que?
 
Uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial ao tecido, ou descrita em termos de tal dano”.

A maior coisa que você deve perceber nessa definição é que a dor não significa
necessariamente que há danos ou que exista alguma lesão. Assim, você pode ter
dor com dano, nenhuma dor com muito dano e muita dor com dano mínimo.

 
A definição abaixo é ligeiramente expandida para mostrar que a dor é influenciada
por muito mais do que apenas o tecido corporal. A questão é que o quanto você
sente dor sofre influência de outras áreas de sua vida, por exemplo: emoções,
sensações, cognições (crenças sobre a dor) e aspectos sociais ( por exemplo: o
isolamento social é um aspecto que pode potencializar os níveis de sensação da
dor) estão envolvidos com a dor persistente.
Chamamos isso de modelo bio-psico-social da dor. Significa que todas as áreas
de sua vida podem influenciar a dor. Isso é ótimo porque significa que você tem
muitas opções para tratar a dor.
 
Vamos refletir sobre isso:

Quais fatores podem estar relacionados a dor que você sente pelo corpo ?
Trace um raio x disso.
 
Analise brevemente sob os seguintes tópicos:

Físico ( possui alguma lesão real ?)
Emocional ( atualmente você passa ou passou por alguma questão relacionada
a fortes emoções? luto , perda de alguém importante , separação …..)
Cognição ( qual crença sobre dor você carrega ?)
Social ( solidão , amizades, vínculos afetivos …….)
 
O objetivo construtivo dessa pequena análise é te ajudar a identificar algumas situações que você pode estar passando e te ajudar a alterar comportamentos e
ações para ajudar na sensação e percepção da dor que você sente no corpo e em
sua recuperação.
 
Finalizando, a dor não se trata apenas de danos ou lesões físicas e estruturais.
A dor é uma experiência angustiante associada a danos reais ou percebidos nos
tecidos com componentes sensoriais, emocionais, cognitivos e sociais.