Risoto ao Funghi - para começar a esquentar o dia dos namorados

Risoto ao Funghi - para começar a esquentar o dia dos namorados

O arroz é o segundo alimento mais consumido no mundo, sendo o terceiro cereal mais produzido em todo o globo e perdendo apenas para o milho e para o trigo. O seu cultivo é tão antigo quanto a própria civilização.


Mas se quiser caprichar na elaboração desse alimento, surgem várias ideias para agradar o nosso paladar. Então que tal um risoto?


O risoto é uma ótima pedida para aquele jantarzinho romântico. Além de ser muito bem acompanhado por um vinho, acaba por dar aquele ar de que você manda bem na cozinha, mesmo se a cozinha não for seu forte. Rsss.


A cremosidade é uma característica essencial para um bom risoto, o arroz arbóreo é a melhor opção para esse prato, por seus grãos serem firmes e cremosos após o cozimento. Não importa o que aconteça, não deixe de mexer o risoto, para que não queime. O processo é muito rápido e qualquer descuido pode estragar o prato. Apesar de simples, o preparo de um risoto requer atenção do início ao fim. Utilizar uma colher de pau para não quebrar os grãos é uma boa dica.


A manteiga é um ingrediente indispensável ao risoto. Mas cuidado, é fundamental saber como utilizá-la na preparação do prato. Certifique-se de usar pouca manteiga no início e para finalizar, a manteiga deve estar fria. Já o parmesão deve ser colocado ao final, para que derreta em meio ao alimento bem quente.


Vou deixar uma receita deliciosa para vocês já irem se preparando para o dia dos namorados:

INGREDIENTES:
⦁ 2 xícaras (chá) de arroz para risoto
⦁ ¾ xícara (chá) de funghi seco (40 g)
⦁ 1,5 litros caldo de legumes
⦁ ½ cebola
⦁ 1 dente de alho
⦁ ½ xícara (chá) de vinho branco
⦁ 4 colheres (sopa) de manteiga
⦁ ⅓ de xícara (chá) de queijo parmesão ralado
⦁ 4 ramos de salsinha
⦁ sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO:
⦁ Numa tigela coloque o funghi, cubra com 1 xícara (chá) de água fervente e deixe hidratar por alguns minutos enquanto separa os outros ingredientes.

⦁ Descasque e pique fino a cebola e o alho. Lave, seque e pique fino a salsinha.

⦁ Sobre a jarra medidora, escorra o funghi hidratado numa peneira. Pressione delicadamente com a colher para extrair todo o líquido. Acrescente o caldo de legumes ao líquido do funghi até completar 1,5 litro – ele vai ser usado para o cozimento do risoto. Transfira os cogumelos para a tábua e corte em pedaços médios.

⦁ Coloque 2 colheres (sopa) de manteiga numa panela média e leve ao fogo médio. Quando derreter, adicione a cebola, tempere com uma pitada de sal e refogue por 4 minutos até murchar. Acrescente o funghi e o alho e mexa por 1 minuto. Junte o arroz e refogue por 2 minutos para envolver os grãos com a manteiga. Tempere com sal e pimenta a gosto.

⦁ Regue com o vinho e mexa bem até secar. Adicione 2 conchas do caldo e misture bem. Deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até secar. Repita o procedimento, adicionando o caldo, de concha em concha, mexendo, até o risoto ficar no ponto.  O grão deve estar cozido mas ainda durinho no centro (al dente).

⦁ Na última adição de caldo, mexa e desligue o fogo. Não deixe secar completamente, o risoto deve ficar bem úmido. Acrescente a manteiga restante, o parmesão e misture bem. Sirva a seguir com a salsinha picada.

Chef e amante do mundo