As coisas não tem andado muito bem para o ator americano Jonh Christopher Depp II mais conhecido como Johnny Depp.

Depois de perder um processo milionário contra um tabloide — e, de quebra, ver tapas, pontapés e insultos contra a ex-mulher Amber Heard detalhados no tribunal de Londres, o ator tem tido que lidar com problemas financeiros.

Uma verdadeira fortuna rondou o divórcio e, por causa da fama de mau, acabou perdendo a boquinha nas franquias Piratas do Caribe e Animais Fantásticos.

Por essas e por outras o ator Johnny Depp resolveu reforçar o caixa, colocando à venda, por 55 milhões de dólares, uma propriedade na França que equivale a um pequeno vilarejo: casa principal, mais sete casinhas menores, uma igreja (transformada em acomodação para visitas — o confessionário virou guarda-­roupa) e um restaurante estilo bistrô, entre outras construções.

Da lista de bens do ator espalhados pelo mundo, ainda constam uma ilha nas Bahamas, um château e várias coberturas em Los Angeles. Sem teto, pelo menos, ele não vai ficar.

Quando Johnny Depp listou essa propriedade francesa pela primeira vez em 2015 e 2016, o preço pedido oscilou entre US $ 25 milhões e US $ 63 milhões, de acordo com a Variety, e o lugar nunca foi vendido.

Agora ele está se preparando para listar novamente a propriedade por cerca de US $ 55,5 milhões, de acordo com reportagens da imprensa.

É possível que o ator peculiar, conhecido por seu papel como Jack Sparrow na franquia de filmes Piratas do Caribe, esteja lendo a hora certa. Depois de meses confinado em residências particulares, quem não gostaria de ter uma propriedade como esta: na verdade, é uma vila inteira, completa com um bistrô, uma adega, uma pista de skate e várias casas como já foi descrito acima.

Uma vez abandonada, a vila fica em Le Plan De La Tour na Provença, uma pequena região a cerca de 20 quilômetros do ponto quente da Côte d’Azur, em Saint-Tropez. É cheio de charme, bem como 14 banheiros e 15 quartos  espalhados por seis chalés de hóspedes e uma residência principal.

Depp comprou o composto em 2001 por um valor não revelado e passou a gastar milhões renovando os edifícios do século 19. Tudo isso durante os 14 anos que passou em um relacionamento com a atriz e cantora francesa Vanessa Paradis. O casal passou um tempo lá com seus dois filhos, Lily-Rose e Jack, desfrutando das duas piscinas do vilarejo, jantando no bistrô local Depp chamado Chez Marceline e explorando os arredores exuberantes, com carvalhos, oliveiras e vinhedos de 300 anos de idade , até sua separação em 2012.

Diz-se que Depp decorou ele mesmo as estruturas. A residência principal de 4.500 pés quadrados inclui cinco quartos e três banheiros e meio, enquanto uma das seis casas de hóspedes era originalmente a igreja da cidade. A vila também inclui um vagão coberto com banheiro e cozinha, um ginásio completo, um covil de pirata e um estúdio de arte, além de refeições ao ar livre na praça da cidade. A metragem quadrada dos espaços residenciais foi relatada entre 12.900 e 14.500 pés quadrados.

Fontes:

www.veja.abril.com.br
www.yahoo.com