A respiração adequada traz melhor saúde para o corpo , diminui o estresse
emocional, previne a insônia, controla as emoções e aumenta a atenção e a concentração. Certas técnicas de respiração podem fazer a vida melhor! Mas
talvez isso ainda seja distante da sua realidade. Então a questão é:

Por onde você pode começar ?

 
Primeiramente eu gostaria que você trouxesse a luz a reflexão abaixo:
 
A respiração é como energia solar para alimentar o relaxamento. É uma forma de
você controlar as emoções . Melhor do que isso , a respiração está sempre
acessível, basta você querer fazer uso apropriado dela.
 
Estudos científicos ja comprovam que certas técnicas de respiração são eficientes no controle da ansiedade e insônia. Tais técnicas influenciam tanto os fatores fisiológicos (estimulando o sistema nervoso parassimpático) como os fatores psicológicos (desviando a atenção dos pensamentos e trazendo a tona o foco e a atenção no presente momento).
 
Você ja parou pra pensar que quando nascemos , nós “entramos no mundo”
inspirando e quando morremos, nós “deixamos o mundo” com aquele último
suspiro, ou seja, expirando?!
 
A respiração é tão importante na vida que não é de se admirar que a humanidade tenha notado seu valor não apenas para a sobrevivência, mas para o pleno funcionamento do corpo e da mente e com isso começou a controlá-la para melhorar o seu bem-estar.
 
Diversas culturas e religiões fazem uso de técnicas respiratórias para esse fim ao longo da história da humanidade.
Esses são alguns dos motivos do por quê eu sempre argumento que é imprescindível você colocar como prioridade o fator respiração em qualquer
exercício ou atividade física que você faça.
 
Em se tratando de atividade física e exercício, considere também que “a respiração é o combustível para o movimento”, ou seja, sem ela o movimento não acontece ou acontece fora da sua melhor performance. Experimente colocar água no tanque de combustível de uma Ferrari e tente andar com essa máquina. Pois é exatamente o que acontece com seu corpo se você bloquear o seu potencial de respiração. O “carro” não anda ou até anda, mas “capengando”.
 
 
 
Então eu quero trazer pra você algumas técnicas que ajudam principalmente as pessoas que não estão habituadas a pensar sobre a respiração e simplesmente respiram de forma involuntária , o que não é errado, de forma alguma, mas que te limita a experimentar os inúmeros benefícios que a prática consciente da respiração pode lhe trazer. Você pode executar cada exercício abaixo começando com pouco , três minutos já irão te ajudar, mas a medida que você puder, evolua até chegar a dez minutos. Mas escolha apenas um por vez e pratique, execute ao menos três vezes por semana. Isso já irá refletir positivamente no seu organismo.
 

Técnicas para alívio do estresse

1. Fique em pé na sua melhor postura! 

.A postura é muito importante para a respiração. Procure manter, seu corpo com a coluna ereta, com a percepção de ombros relaxados, pés paralelos e mesma sobrecarga entre os pés direito e esquerdo. Isso facilita o funcionamento dos músculos respiratórios (como o diafragma e os músculos entre as costelas). Uma boa postura , a sua melhor postura, capacita seu corpo a respirar com maior propriedade, ou seja, em sua total capacidade.

 

2. Siga sua respiração

Primeiramente observe os movimentos causados pela respiração natural. Esteja
atento a cada inspirar e expirar. Foque nas sensações que você sente cada vez
que o ar entrar por suas narinas e sua garganta e também nos movimentos que
ocorre em seu abdômen, peito e costas. Quando você sentir seus pensamentos
dispersarem ( o que é natural) , volte sua atenção para a respiração.
 

3. Respiração Abdominal

Pense em um tanque de combustível sendo preenchido desde sua base até o seu topo. Infle o seu abdômen inspirando até enchê-lo completamente de ar e então continue inspirando até completar a inspiração enchendo todo peito de ar. Então solte todo ar esvaziando primeiramente a região abdominal e então o peito. Você pode colocar uma mão sobre cada região para sentir o que estou descrevendo.
 

4. Respiração Rítmica

Próximo ao final de cada inspiração faça uma breve pausa e conte mentalmente
1,2,3 e segure o ar antes de expirar. Então expire totalmente o ar, completamente
mesmo. Isso é frequentemente recomendado para pessoas que sofrem de ataques de ansiedade porque isso induz uma desaceleração benéfica da taxa respiratória.
 
 
 

Felipe Macabeli
@felipe.macabeli

Estudio Macabeli Pilates & More